Tag Archives: óvulos

Ovodoação: quem pode doar e quem pode receber?

Você é uma mulher que tem seus óvulos saudáveis, mas não deseja ou não pode engravidar? Então você sabia que é possível ajudar outras mulheres que tenham o sonho de ter filhos, mas que não possuem óvulos? Trata-se da ovodoação.

É a doação de óvulos saudáveis para serem utilizados por outras famílias no tratamento de reprodução assistida. Essa prática é aprovada e regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), desde que respeitadas algumas exigências.

Quem pode doar óvulos?

Qualquer mulher com idade entre 18 e 25 anos pode ser uma doadora, desde que não possua doenças sexualmente transmissíveis. Antes da doação, são feitos exames para avaliar a reserva ovariana e para comprovar a capacidade reprodutiva dos óvulos, ou seja, se eles realmente estão saudáveis.

Além disso, não é permitido ter vínculo com a receptora ou receber qualquer tipo de pagamento. Todo o processo deve ser voluntário. O sigilo também é muito importante, tanto para quem está doando, quanto para quem está recebendo.

A doação é feita em uma clínica de reprodução humana. É muito comum, também, que mulheres que congelaram seus óvulos para tratamento, doem aqueles que não foram utilizados.

Quem pode utilizar óvulos doados?

Se você é uma mulher que tem alguma doença nos óvulos ou mesmo que já não tenha mais reserva, essa é uma opção viável para alcançar o sonho de ser mãe. Para receber a doação, não é exido nenhum tipo de restrição. Esse método, porém, é mais indicado e procurado por mulheres com idade avançada ou que tenham sofrido com menopausa precoce.

Além disso, pode ser uma alternativa para mulheres que se tornaram inférteis por consequência de tratamentos quimioterápicos, abortos ou retirada dos ovários. A doação de óvulos também faz parte do processo de reprodução assistida de casais homoafetivos masculinos.

O óvulo doado será fecundado pelo espermatozoide do parceiro, por meio da fertilização in vitro (FIV). Na maioria dos tratamentos, a fecundação acontece com sucesso.

Se você quer ser uma doadora ou receptora de óvulos, o primeiro passo é procurar uma clínica especializada em reprodução assistida para conhecer e se informar melhor sobre o procedimento.