Blog Life Search
Medicina Reprodutiva: História, descobertas e curiosidades

Medicina Reprodutiva: História, descobertas e curiosidades

Investigar as causas, fazer o diagnóstico e o tratamento da infertilidade, bem como reestabelecer e preservar a fertilidade do homem e da mulher. Esses são os objetivos da medicina reprodutiva, área da ciência responsável pelo estudo e prática de uma das principais técnicas de reprodução humana: a Fertilização in Vitro (FIV)

O grande marco da medicina reprodutiva foi o nascimento do primeiro bebê de proveta, em 1978. De lá para cá, muitos estudos foram feitos, permitindo que um número cada vez maior de casais, que antes não podiam ter filhos, realizassem o sonho de gerar uma vida. Hoje, a tecnologia possibilita a realização de tratamentos mais sofisticados e acessíveis, aumentando as chances de obter bons resultados com as técnicas de reprodução.

Linha do tempo: a história da medicina reprodutiva

1978 – O casal Lesley Brown e John tentavam há anos ter filhos, mas devido a um bloqueio nas Trompas de Falópio de Lesley, engravidar parecia um sonho cada vez mais distante. Após conhecer o casal, dois médicos britânicos, Patrick Steptoe e Robert Edwards, decidem colocar em prática os mais de 15 anos de pesquisa sobre reprodução humana. Eles colhem, então, um ovócito nos ovários de Lesley e fazem a fertilização com o esperma de John fora de seu corpo, em uma proveta no laboratório. O embrião foi implantado no útero de Lesley. A gestação ocorreu de maneira tranquila e, no dia 25 de julho de 1978, nasceu, em Manchester, Inglaterra, Louise Brown, o primeiro bebê de proveta do mundo.

1983 – Nasce Ana Paula, o primeiro bebê de proveta no Brasil.

1984 – Nasce, na Austrália, o Baby Zoe, primeiro bebê a se desenvolver após o descongelamento de embrião (criopreservado).

1985 – Nascimento do primeiro bebê desenvolvido após útero de substituição.

1987 – Nasce o primeiro bebê desenvolvido após a utilização de óvulo congelado.

1991 – Após o nascimento do primeiro bebê de proveta, o segundo grande marco da medicina reprodutiva foi a utilização da técnica de Fertilização in vitro com ICSI – Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide. O médico Gianpiero Palermo, da Vrije Universiteit Brussel, sob a direção de Paul Van Devroey e Andre Steirteghem, realizou essa técnica introduzindo o espermatozoide no citoplasma do óvulo maduro, por meio de uma microscópica injeção. Houve a fertilização e o embrião foi transferido para o útero da mãe, nascendo, então, o primeiro bebê produzido pela ICSI.

1997 – Nascimento do primeiro clone animal, a ovelha Dolly.

2004 – Desenvolvimento do primeiro embrião obtido de tecido ovariano criopreservado.

2005 – O governo brasileiro, por meio da Lei de Biossegurança, autoriza a pesquisa com células tronco embrionárias humanas.

Quer conhecer mais sobre medicina reprodutiva? A Life Seach está disponível para orientar você. Marque uma consulta e conte com nossa equipe especializada.

Direitos reservados Life Search
Warning: Use of undefined constant Y - assumed 'Y' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/d/b2/a5/lifesearch/public_html/wp-content/themes/lifeSearch/footer.php on line 259
2021.