Blog Life Search
Covid-19 e gravidez: tudo que você precisa saber

Covid-19 e gravidez: tudo que você precisa saber

Diante do atual cenário de pandemia, é comum que diversos questionamentos sejam feitos por todos nós, especialmente por quem está esperando a chegada de um bebê. As incertezas dessa nova doença acabam aumentando a preocupação das mães sobre como ter uma gestação saudável e segura.

Para esclarecer algumas dessas dúvidas, continue a leitura do post! Estar bem informada é fundamental para diminuir a ansiedade durante esse período.

Grávidas são do grupo de risco da Covid-19?

Apesar de na maioria dos casos, até o momento, a doença ter se apresentado de forma branda nas gestantes, elas e as puérperas são mais vulneráveis a infecções. Por isso, mulheres grávidas são consideradas grupo de risco de acordo com o Ministério da Saúde.

Além disso, gestantes portadoras de doenças crônicas estão mais suscetíveis a quadros graves de Covid-19, segundo pesquisas recentes.

A doença pode causar complicações durante a gravidez ou no parto?

Até o momento, os estudos indicam que não foi identificado um aumento do número de abortamentos ou outras complicações para a saúde do feto quando a mãe foi diagnosticada com coronavírus.

Também não foi encontrado nenhum indício do vírus no líquido amniótico ou no leite materno. Por isso, a amamentação continua sendo estimulada, com os devidos cuidados, mesmo em mães infectadas.

Por ser uma doença nova, os estudos estão acontecendo paralelo à disseminação do vírus, o que torna a informação mais escassa e mutável. Sendo assim, a qualquer momento novas pesquisas podem mudar completamente o cenário que temos hoje.

De modo geral, o recomendável é que as gestantes redobrem os cuidados para evitar uma possível contaminação. Isso significa adotar os mesmos cuidados de higiene e distanciamento social que as outras pessoas.

Ou seja, é importante manter alguns hábitos:

– Lavar as mãos várias vezes ao dia com água e sabão e usar álcool gel;

– Manter uma distância segura das outras pessoas caso precise sair de casa;

– Evitar tocar os olhos, boca e nariz sem lavar as mãos antes.

E caso a gestante apresente sintomas como febre e dificuldade para respirar,  é recomendado procurar assistência médica o mais breve possível.

Vale destacar, ainda, que as mulheres grávidas ou puérperas devem continuar seguindo as rotinas de acompanhamento médico.

E os casais tentantes, o que devem fazer nesse momento?

Em meio à pandemia, as instituições de saúde não estão recomendando a continuidade dos ciclos de tratamento dos casais tentantes, exceto em casos específicos, como pacientes oncológicos.

Nessa circunstância, a criopreservação é uma alternativa para seguir com o tratamento no futuro, em um cenário de mais segurança e tranquilidade.

O procedimento coleta gametas ou embriões e os mantém congelados a 196º graus negativos, preservando o material genético por tempo indeterminado. Por meio desse tratamento, portanto, é possível adiar o sonho de ter filhos com segurança, tendo a chance de aguardar o fim da pandemia para dar continuidade ao ciclo de fertilização.

Diante deste momento incerto, as dúvidas podem deixar muitas famílias angustiadas. Mas é preciso ter cautela e acompanhar sempre as atualizações científicas sobre o assunto.

Gostou desse conteúdo? Continue navegando em nosso blog.

Direitos reservados Life Search 2020.