Blog Life Search
Arquivo da categoria: Qualidade de vida
Grávidas podem viajar seguindo alguns cuidados

Grávidas podem viajar seguindo alguns cuidados

Quando tem feriado à vista, logo uma viagem vem à cabeça. E nessas horas as grávidas se perguntam: será que eu posso? Viajar durante a gravidez não é contraindicado, mas é preciso adotar alguns cuidados. Leia 10 dicas importantes que separamos para você:   1- É mais seguro viajar de avião entre o 3º e o 7º mês – de preferência até a 32ª semana. Após o período citado, há o risco de entrar em trabalho de parto durante o voo.   2- As mamães com gestações múltiplas (dois ou mais bebês) devem tomar ainda mais cuidado. Elas não devem voar a partir da 28ª semana.   3- Grávidas têm mais necessidade de urinar. Escolha um assento no corredor e próximo ao banheiro do transporte.   4- Ficar muito tempo na mesma posição é contraindicado. Para não inchar, use meias de média compressão (saiba a ideal com o seu médico) Continue Lendo →

Ser mãe mais tarde: é possível

Ser mãe mais tarde: é possível

A capacidade reprodutiva das mulheres, a partir dos 35 anos, começa a ser diminuída devido à redução natural da reserva de óvulos viáveis. E isso pode ser preocupante para quem quer ser mãe mais tarde, devido a priorização de questões cotidianas e sociais na fase mais jovem. Mas hoje existem técnicas que preservam a fertilidade, conservando óvulos saudáveis, por meio de congelamento de gametas. Essa pode ser a melhor escolha para quem quer ter filhos depois do auge fértil. Desde julho de 2015, o Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou novas regras para a aplicação de técnicas de reprodução assistida. Antes, os médicos não poderiam fazer fertilização in vitro em mulheres acima de 50 anos de idade. Com as novas regras, apesar do limite continuar sendo 50 anos, exceções podem acontecer, desde que o médico assistente assuma a responsabilidade do procedimento. Uma avaliação individualizada e consciente por parte dos médicos, Continue Lendo →

Fertilidade Masculina: Como preservar?

Fertilidade Masculina: Como preservar?

Você sabia que é possível preservar a fertilidade masculina por meio de técnicas de congelamento do sêmen e do tecido testicular? Esses métodos são indicados para homens que vão se submeter a tratamentos de quimioterapia e radioterapia ou que trabalham expostos a produtos químicos e radioativos. No caso da radioterapia, dois em cada três pacientes ficam sem espermatozoides por um período de dois a cinco anos, após o tratamento. Já a quimioterapia, é responsável por deixar um em cada três pacientes com uma baixa contagem ou mesmo ausência de espermatozoides de maneira irreversível. Por isso, as técnicas de preservação da fertilidade masculina são tão importantes nesses casos.   COMO FUNCIONA O CONGELAMENTO DO SÊMEN? Aproximadamente três coletas de sêmen são feitas em dias alternados, antes de começar os tratamentos de quimio e radioterapia. Depois da coleta, o sêmen é analisado e congelado utilizando o nitrogênio líquido a –196°C. Nessas condições, Continue Lendo →

FIV: Como será o parto?

FIV: Como será o parto?

Quando o assunto é reprodução assistida, é comum surgir inúmeras dúvidas. Mais comum ainda é as pessoas compartilharem informações sobre esse tema que, muitas vezes, não são verdadeiras. No caso do parto de uma mulher que engravida por meio da Fertilização In Vitro (FIV), por exemplo, as dúvidas são recorrentes. Muitos casais chegam às clínicas de reprodução assistida com as seguintes questões: posso ter um parto normal, se engravidar por meio da FIV? O meu bebê vai nascer prematuro? A cesariana é mais recomendada? Preciso de um acompanhamento específico, durante o parto? Para responder essas questões, separamos abaixo algumas informações sobre esse assunto.   Reprodução assistida X Tipo de parto Depois da FIV, a gravidez será exatamente igual à gestação natural, incluindo o momento do parto, que pode ou não ser normal. A principal questão nesse caso é se o bebê está posicionado corretamente e se no momento do parto Continue Lendo →

Ética e Reprodução

Ética e Reprodução

A ética é o estudo do comportamento humano na sociedade. Serve para que haja um bom equilíbrio e funcionamento social. Embora não possa ser confundida com a lei, está associada com o sentimento de justiça social. No nosso país, embora existam vários projetos em tramitação, ainda não existe legislação específica sobre Reprodução Assistida (RA). Os procedimentos nesta área seguem as Resoluções do Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Código de Ética Médica. Como a ética é o estudo do comportamento na sociedade, mudanças sociais tornam necessário que se façam adequações nas próprias Resoluções do CFM. A Resolução em vigor que regulamenta o exercício da RA é a RP CFM 2013/2013 e pode ser consultada na íntegra no link: http://www.portalmedico.org.br/resolucoes/CFM/2013/2013_2013.pdf. Alguns destaques desta Resolução: - As técnicas de reprodução assistida (RA) têm o papel de auxiliar a resolução dos problemas de reprodução humana, facilitando o processo de procriação. - Podem ser Continue Lendo →

Infertilidade

Infertilidade

Infertilidade é definida como ausência de gravidez após um ano de relações regulares desprotegidas. A chance de um casal engravidar em um mês de relações desprotegidas gira em torno de 20% e após um ano, de 85 a 90% dos casais terão engravidado o que leva a incidência de infertilidade entre 10 a 15%. Existem vários fatores que irão influenciar esta taxa, sendo o mais importante a idade materna. A mulher nasce com um número determinado de óvulos e esta população ovular vai se perdendo ao longo dos anos. Em torno dos 30 anos se inicia a queda da fertilidade e após os 35 anos esta queda se torna bem mais acentuada. Considerando isto, apesar de ser necessário um ano para se fazer diagnóstico de infertilidade, em mulheres acima de 35 anos já se deve iniciar a pesquisa de infertilidade após seis meses de relações desprotegidas sem gravidez. CAUSAS DE Continue Lendo →

Categorias
Direitos reservados Life Search 2019.